Como escolher uma consultoria em TI

Como escolher uma consultoria em TI

Confira a entrevista com o especialista Tadeu Barbosa, que atuou em empresas como Oracle, Sun Microsystems, Telefônica, Avaya e outras com ênfase em implementar soluções, arquitetura de sistemas, padrões de design e melhores práticas. Formado pela PUC-SP com especialização pela Carnegie Mellon University e MBA pelo Insper. Ele é sócio fundador da empresa Tech Seller CBDS.

Quais os tipos de consultoria em TI?

Quando falamos em consultoria de TI, três tipos diferentes geralmente vêm à mente: consultoria estratégica, consultoria tática e consultoria técnica. Essas consultorias não são mutuamente exclusivas e podem ser combinadas para atender a uma gama mais ampla de necessidades de negócios.

Consultoria Estratégica em TI

A consultoria estratégica é uma abordagem de alto nível que se concentra em conectar metas de negócios a estratégias tecnológicas. Isso implica desenvolver planos estratégicos de longo prazo, analisar tendências e identificar oportunidades e desafios tecnológicos que podem afetar a empresa. Este tipo de consultoria é principalmente destinado a diretores e pessoas seniores na empresa, fornecendo uma visão de longo prazo para o uso da tecnologia como um facilitador para alcançar objetivos organizacionais.

Na consultoria estratégica, o consultor atua como um conselheiro de confiança para a empresa, fornecendo insights valiosos sobre como alinhar a tecnologia da informação com a estratégia de negócios. Isso pode incluir decisões sobre a aquisição de novas tecnologias, investimentos em infraestrutura ou a adoção de novos métodos de trabalho.

Consultoria Tática em TI

A consultoria tática é aquela que a maioria das pessoas associa à consultoria de TI. É mais comum e focada na execução de projetos específicos, como migração de sistemas legados para novas arquiteturas ou implementação de novos projetos.

A consultoria tática é mais hands-on ou prática e orientada para a ação. Aqui, o consultor trabalha lado a lado com a equipe da empresa, focado principalmente em coordenadores, gerentes e especialistas de negócio.

Consultoria Técnica em TI

A consultoria técnica é mais especializada e projetada para lidar com problemas muito específicos ou complexos, como desafios de performance ou necessidades de infraestrutura. Se você tem um problema de desempenho com seu software, ou está gastando muito em sua infraestrutura de TI, um consultor técnico pode ser contratado para resolver esse problema específico.

Consultores técnicos são altamente especializados e geralmente se concentram em um único aspecto ou tecnologia. Eles geralmente se comunicam com os especialistas técnicos do cliente, como desenvolvedores e engenheiros de sistemas.

Combinando Consultorias

Os três tipos de consultoria não são mutuamente exclusivos, o que significa que uma empresa pode engajar consultores estratégicos, táticos e técnicos ao mesmo tempo, dependendo de suas necessidades. Embora a consultoria tática seja a mais comum, pode ser combinada com os outros estilos de consultoria conforme necessário.

Por exemplo, uma empresa pode contratar um consultor estratégico para ajudar a definir sua estratégia de TI de longo prazo, um consultor tático para gerenciar a implementação de um novo sistema e um consultor técnico para resolver problemas específicos que surgem durante a implementação.

Em resumo, a escolha do tipo de consultoria em TI depende das necessidades específicas da sua empresa e do perfil dos interlocutores envolvidos. Cada tipo de consultoria tem um foco diferente e pode trazer valor de diferentes maneiras, contribuindo para o sucesso geral do seu negócio.

Quais as principais etapas de consultorias técnicas e táticas em TI?

As consultorias técnicas e táticas em TI são mais focadas em resolver problemas de curto prazo e podem variar em duração, desde projetos rápidos de duas semanas até projetos mais longos que podem se estender por mais de um ano. Embora cada projeto seja único e possa exigir uma abordagem diferente, algumas etapas comuns geralmente aparecem na maioria dos projetos. Aqui estão algumas dessas etapas principais.

Levantamento de Requisitos

A primeira fase de qualquer projeto de consultoria técnica ou tática é o levantamento de requisitos. Esta fase envolve entender as necessidades do cliente, os desafios que estão enfrentando e as metas que desejam alcançar. Esta fase é crucial para definir o escopo do projeto e estabelecer as bases para as fases subsequentes.

Análise e Desenho da Solução

A fase de análise e desenho da solução envolve a avaliação das informações coletadas durante a fase de levantamento de requisitos e o desenvolvimento de uma estratégia para atender a esses requisitos. Esta fase pode incluir a escolha de tecnologias específicas, o desenho de arquiteturas de sistema e a criação de um plano detalhado para a implementação.

Planejamento

O planejamento é uma parte vital de qualquer projeto de consultoria. Aqui, os prazos são estabelecidos, os recursos são alocados e um plano de ação detalhado é desenvolvido para guiar a equipe durante a fase de implementação.

Implementação e Testes

A fase de implementação é onde a estratégia e o plano desenvolvidos nas fases anteriores são colocados em ação. Aqui, a solução é construída e configurada de acordo com o plano definido.

Após a implementação, a solução é testada para garantir que está funcionando conforme o esperado e que todos os requisitos foram atendidos.

Essas fases não são estritamente lineares ou sequenciais, e a abordagem exata pode variar dependendo da cultura e do estilo de gerenciamento da empresa. Por exemplo, algumas empresas podem preferir uma abordagem mais ágil, onde essas etapas são realizadas em ciclos iterativos.

Além disso, é comum em projetos maiores que diferentes fornecedores sejam responsáveis por diferentes fases do projeto. Por exemplo, uma empresa de consultoria pode ser contratada para realizar o levantamento de requisitos e a análise, enquanto outra empresa ou equipe interna pode ser responsável pela implementação.

Em suma, embora as etapas específicas possam variar de projeto para projeto, as fases de levantamento de requisitos, análise e desenho de solução, planejamento, implementação e teste são comuns na maioria dos projetos de consultoria técnica e tática em TI.

 

Exemplos e resultados

Para tornar essas ideias mais tangíveis, Tadeu compartilha exemplos de projetos reais de consultoria tática e técnica em que ele e sua empresa estiveram envolvidos.

Consultoria Tática – Refatoração de um Sistema de Folha de Pagamento

Tadeu e sua equipe foram contratados por uma empresa de São Paulo especializada em sistemas de folha de pagamento, para refatorar e modernizar seu sistema legado. Esta consultoria tática durou mais de um ano e envolveu uma colaboração transatlântica com uma equipe de Portugal. O objetivo principal era melhorar a eficiência do sistema, além de torná-lo mais ágil e adaptável para futuras melhorias.

Consultoria Técnica – Otimização da AWS

Tadeu frequentemente auxilia empresas que buscam melhorar a eficiência e reduzir custos associados à AWS (Amazon Web Services). Em um de seus projetos técnicos, a equipe de Tadeu analisou a infraestrutura atual da empresa na AWS, identificou áreas de melhoria e implementou mudanças que otimizaram o uso dos recursos.

Consultoria Tática – Transformação Digital e Cultura Ágil

Outro tipo de consultoria tática comum na experiência de Tadeu envolve a transformação digital e a adoção de uma cultura ágil. Esses projetos são multifacetados e requerem uma compreensão da gestão de mudanças e da transformação cultural, bem como das competências técnicas.

Em projetos como esses, Tadeu e sua equipe trabalham com as empresas para revisar e atualizar seus processos, com o objetivo de torná-los mais ágeis e eficientes. As mudanças culturais necessárias para tais transformações podem ser desafiadoras, mas quando bem implementadas, resultam em melhorias significativas na eficiência e na produtividade da empresa.

Estes exemplos destacam a capacidade de projetos de consultoria em TI para auxiliar empresas a melhorar sua eficiência, otimizar seus recursos e preparar-se para o futuro.

 

O que Tech Buyers devem considerar ao selecionar um Tech Seller para consultoria?

Selecionar um parceiro consultivo é uma decisão complexa que deve ser tomada considerando vários fatores, a fim de ampliar as probabilidades de que se acerte na escolha, para uma parceria eficaz e produtiva. A experiência e referências, a cultura e os valores, a comunicação, a flexibilidade e adaptabilidade e a forma de precificação são alguns dos aspectos essenciais a serem levados em conta.

  1. Experiência e Referências:

Considerar a experiência do fornecedor com projetos semelhantes é fundamental. Por exemplo, se a empresa contratante planeja desenvolver uma solução logística, um parceiro que já tenha experiência em desenvolver tais soluções para empresas semelhantes seria um candidato ideal. Além disso, referências e recomendações de outros clientes são sempre um bom indicativo da competência e confiabilidade do fornecedor.

  1. Cultura e Valores:

Algumas empresas podem ter uma abordagem mais ágil, enquanto outras podem valorizar a documentação e a formalidade. Não existe um certo ou errado aqui; a chave é encontrar um parceiro cuja cultura e valores se alinhem bem com os da sua própria empresa. Considerar a cultura e os valores da empresa fornecedora e avaliar seu match com o da empresa contratante é fundamental.

  1. Comunicação:

Um trabalho de consultoria bem-sucedido requer esforço e participação de diversas pessoas. Portanto, é importante que a comunicação entre as equipes seja fluida e eficaz.

  1. Flexibilidade e Adaptabilidade:

Finalmente, a flexibilidade e adaptabilidade do fornecedor também são importantes, pois Tech Sellers muito rígidos podem não ser capazes de se adaptar às mudanças e desafios que surgem durante o projeto, o que pode limitar as oportunidades e o sucesso do projeto.

  1. Forma de precificação:

A precificação pode variar dependendo das preferências do cliente e perfil do fornecedor. Algumas empresas preferem usar o método Scrum e baseiam seus contratos em entregas ou sprints. Outros clientes podem preferir um preço fixo para todo o projeto. A chave aqui é encontrar um modelo de precificação que seja confortável para ambas as partes.

 

Diferenciais da CBDS como Tech Seller de Desenvolvimento de Softwares

A CBDS, sediada em São Paulo, atua como uma boutique de desenvolvimento de software, que expande sem perder a essência e visão do que a torna única. A proximidade com os clientes é um dos diferenciais mais significativos da empresa, que valoriza a estreita colaboração com seus clientes e o envolvimento no dia a dia dos projetos. 

Além disso, a CBDS possui uma sólida experiência no mercado, onde atua há quase 15 anos envolvendo-se com Tech Buyers de diferentes setores, desde startups até bancos, indústrias automotivas, varejo, serviços e governo. A CBDS flexível e adaptável, reconhecendo que cada cliente é único e que as necessidades podem variar significativamente mesmo dentro de uma única empresa.

A empresa não se restringe a um porte ou a um segmento específico de clientes ou a um segmento específico. Os Tech Buyers ideais para a CBDS são aqueles que enxergam o software como um ativo valioso para a empresa, valorizam o software como um meio de se diferenciar da concorrência, fidelizar clientes, aumentar a base de clientes e melhorar a eficiência operacional. E empresas que vivenciam uma cultura ágil e voltada para a qualidade, pois essa é a maneira como a CBDS gosta de trabalhar. 

 

Você acredita ser o Tech Buyer que dá o match perfeito com as soluções da CBDS?

Conheça mais sobre a empresa no Spotlight Match<IT>.

Ou mapeie outros potenciais Tech Sellers que dão match com a sua demanda de forma gratuita em nossa plataforma.



× Como posso te ajudar?