Diferentes tipos de alocação de profissionais de desenvolvimento – conceitos básicos, na voz do especialista.

Diferentes tipos de alocação de profissionais de desenvolvimento – conceitos básicos, na voz do especialista.

Confira a entrevista com o especialista Bruno Rey, com carreira nas áreas de Produtos Financeiros e Estratégia de Vendas no setor de Tecnologia, com passagens por empresas como Bradesco, Bank of Boston e Citibank, hoje empreendedor e investidor. É co-fundador da empresa Tech Seller Hypesoft.

 

As diferentes formas de alocação de equipes de desenvolvimento

Encontrar bons desenvolvedores de forma acurada e com velocidade é um grande desafio para empresas de diversos mercados e portes. Bruno Rey, empreendedor e investidor, e seu sócio que atua como desenvolvedor há vários anos, lideram a empresa Hypesoft, um negócio ainda jovem mas já lucrativo e em forte expansão. 

Na empresa contam com uma fórmula ganhadora para esse desafio, pautada no conhecimento de mercado, acesso aos profissionais e abordagem diferenciada para a alocação. Bruno compartilha, aqui, seu conhecimento sobre o tema, a começar pela contextualização das diferentes formas de contratação.

  • Hunting: Essa é a opção de serviços buscada quando a empresa contratante deseja preencher uma posição interna e tem tido dificuldade para preenchê-la sem apoio de especialistas. 
  • Outsourcing: Essa é a opção geralmente buscada quando não há posições a suprir no organograma interno da empresa.
  • Fábrica de Software: Esse perfil de alocação é direcionado a escopos fechados, a serem realizados integralmente de forma externa à empresa contratante. Em vez de contratar um profissional interno ou terceirizado, busca-se alocar um time completo para a entrega de um projeto.

 

Fatores a considerar nos diferentes perfis de contratação em TI

Tendo caracterizado os diferentes tipo de contratação de profissionais de TI, trazemos aqui o que é importante ser levado em conta ao escolher por cada modelo.

 

Hunting

É importante que o contratante conte com contratos que prevejam garantias de retenção dos profissionais, que refaçam o processo sem custos no caso de turnover dentro de um período determinado de tempo. Além disso, entender a qualidade do processo de seleção conduzido, pois isso tem potencial de elevar de uma média de 60% a 95% de aprovação dos profissionais no fluxo de contratação.

 

Outsourcing

A empresa responsável pela alocação dos profissionais deve cuidar pelo alinhamento e senso de pertencimento dos profissionais, fidelizando o time de maneira diferencial, incluindo acompanhamento por psicólogos e reuniões periódicas de engajamento. É importante também considerar as regras para internalização de profissionais previstas em contrato, pois ao longo dos trabalhos pode haver esse interesse ou necessidade.

 

Fábrica de Software

É importante que o perfil do projeto tenha sinergia com o posicionamento de mercado e know-how da empresa fornecedora. Além da sinergia em perfil, é chave também definir com clareza o escopo em pauta e dinâmicas de condução e gestão do projeto.

 

Dicas para o processo de seleção de profissionais de tecnologia

O primeiro ponto a considerar para melhor alocação dos times está em buscar não apenas atrair mas ter um olhar de retenção dos profissionais. Isso deve ser levado em consideração nos diferentes perfis de contratação.

Os contratantes, em geral, têm grande urgência na alocação dos times e a maior preocupação está na agilidade da empresa parceira para encontrar os profissionais buscados. Além da urgência, a preocupação com a qualidade da seleção e retenção dos times, ganha destaque. 

Para potencializar os resultados na atração e retenção de talentos, o processo de seleção dos profissionais devem levar em conta alguns fatores.

 

1. Ampliar a busca em diferentes origens dos candidatos

O interior de São Paulo e as regiões Sul e Nordeste do Brasil são locais de boa gama de profissionais de TI, tanto desenvolvedores quanto pessoas de suporte e infraestrutura.

 

2. Contar com etapas consistentes na avaliação dos profissionais

  • Perfil pessoal: Uma etapa inicial na seleção dos profissionais é avaliar o perfil psicológico e pessoal dos profissionais, mitigando riscos à empresa recrutadora e ao cliente, antes mesmo da qualificação técnica. 
  • Conhecimento técnico: A seguir, entra-se na profundidade técnica, incluindo testes de conhecimento prático a depender da tecnologia.
  • Interesse no escopo: Por fim, é essencial alinhar com o candidato o que é o projeto, para confirmar que ele se motive, se identifique com a proposta, ampliando o potencial de retenção.

 

3. Considerar com transparência o perfil da empresa

Há profissionais que prezarão pelos benefícios e porte de uma empresa grande, mas há os profissionais que priorizam a agilidade, menor burocracia, maior visão do todo e maiores oportunidades de crescimento de empresas pequenas. Comunicar isso com transparência aos candidatos amplia as chances de sucesso nas contratações.

 

Diferenciais da Hypesoft como Tech Seller de Desenvolvimento de Softwares

A Hypesoft, que tem certificação Gold Match<IT>, tem como diferencial seu conhecimento profundo dos perfis de profissionais técnicos, solidez nos processos internos de recrutamento e seleção, transparência e parceria na relação com seus clientes. Além disso, têm atenção à geração de impacto social, iniciando um projeto de capacitação de profissionais de tecnologia em comunidades de baixa renda, com apelo em ESG. O projeto está em formação, com vigência prevista para janeiro de 2023.

O Tech Buyer ideal para a empresa tem diferentes perfis. Há clientes que alocam centenas de profissionais por mês e não têm capacidade de encontrar todos os profissionais, terceirizando o processo com a Hypesoft, o que é positivo pela recorrência da demanda. Além disso, os Buyers que buscam processos de outsourcing têm grande aderência ao negócio da empresa. 

Tech Buyers do mercado internacional são um perfil interessante na evolução da empresa. Já têm atuação na Espanha e estão prospectando também o mercado de Portugal de forma estruturada. Esses países são pontes para ampliar sua atuação no mercado Europeu, além de considerarem também a entrada no mercado Norte Americano. O perfil de seus colaboradores multi-idioma habilita esse crescimento internacional rápido e consistente.

 

Você é um Tech Buyer a procura de seu match perfeito?

Mapeie potenciais Tech Sellers que dão match com a sua demanda de forma gratuita em nossa plataforma.

 

Confira no vídeo a entrevista completa com Bruno, da Hypesoft.

https://youtu.be/hxazFOOzRDc 



× Como posso te ajudar?