Gestão Estratégica de Contratos com Terceiros – na voz da Tech Buyer especialista

Gestão Estratégica de Contratos com Terceiros – na voz da Tech Buyer especialista

Confira a entrevista com a Tech Buyer especialista Herica Brum, executiva com formação em direito, pós-graduada em direito público, direito do trabalho, com MBA em gestão de negócios. Tem experiência no setor elétrico brasileiro desde 2005 e sólido conhecimento em gestão de contratos, fornecedores, terceiros, riscos legais, penalidades e bonificações contratuais tanto nacional quanto internacionalmente.

 

Principais etapas e atividades da gestão estratégica de contratos

As atividades envolvidas na gestão de processos de contratação e gestão de fornecedores e de terceiros são capazes de permear uma empresa inteira e permitem uma visão bastante ampla das organizações por seus participantes.

Pode-se dividir o processo em três macro etapas:

Pré-contratação:

Não é possível realizar um bom processo sem levar em conta o tempo, bem planejado, para procura de fornecedores, qualificação, homologação, negociação e contratos.

Mobilização e Gestão de Performance:

É importnate ter tempo adequado para essa etapa e um bom processo de início da prestação de serviços. A partir daí, é quando a bola está em campo e se precisa buscar o gol. É o momento de focar nas parcerias e permitir que os gestores de contratos, área jurídica, área de compras e fornecedores estejam num mesmo time, buscando os melhores resultados e medindo as conquistas. É comum que haja uma curva de aprendizagem dos fornecedores no processo e pode gerar um anexo contratual de plano de desenvolvimento, mas deve-se considerar essa curva e os acordos no diagnóstico do fornecedor. É também possível estabelecer planos de evolução e recomenda-se dar atenção não apenas a quem está abaixo da performance esperada mas também aos fornecedores de elite, despertando orgulho e compartilhando melhores práticas.

Desmobilização ou Aditivo:

Com o encerramento do contrato há a desmobilização do fornecedor em linha com o que se previa contratualmente. E se a governança permitir e a performance for positiva, pode-se conduzir fluxos de renovação por aditivação, havendo a demanda. Em uma cadeia de desenvolvimento positivo e de valor, possibilita-se que o fornecedor evolua ao longo do processo e se contribui socialmente.

 

Principais elementos observados na contratação de empresas para prestação de serviços

A cadeia de suprimentos deve ser aderente à governança corporativa e à estratégia de cada empresa. Assim, os elementos a serem avaliados variam de acordo com esses aspectos.

Mas em todo tipo de relacionamento há três elementos básicos: respeito, admiração e confiança. Isso se aplica à vida pessoal, social e profissional. São aspectos que não podem faltar

Um elemento indispensável é a integridade, que garante confiança. Além disso, inclui-se o cumprimento da legislação trabalhista, saúde financeira, boas práticas de sustentabilidade, de saúde e segurança, de privacidade de dados.

É importante que as empresas contratantes sejam exemplos e influenciem positivamente a cadeia de valor, sem ser mais realista que o rei, e que solicitem elementos de avaliação que sejam coerentes e condizentes com suas próprias práticas e características do contrato.

 

Requisitos específicos para avaliação de fornecedores de tecnologia

Tendo em vista o crescimento acelerado da digitalização dos negócios, tech passou a ser uma categoria que precisa, obrigatoriamente, ser vista como um pilar chave para o sucesso da empresa. Fazendo uma correlação com a Matriz Kraljic, essa categoria precisa ser posicionada no liame do quadrante estratégico com o da alavancagem. Isso porque o contratante precisa estar atento para não permitir um monopólio ou qualquer outro tipo de dificuldade no tocante ao acesso às tecnologias necessárias, pois certamente isso afetará seu processo produtivo e como consequência a sustentabilidade do seu negócio.

Em tecnologia da informação, deve-se prezar muito pelo cumprimento de boas práticas de segurança cibernética, e observar que o fornecedor atenda aos requisitos técnicos demandados pelos especialistas da área. 

É importante também que os fornecedores de tecnologia tenham solidez em seu processo de gestão de integridade, formando seus profissionais de forma responsável e ética, pois essas pessoas estarão em contato direto com a construção de códigos importantes para os negócios da empresa contratante e deve-se garantir o bom comportamento desses profissionais.

Em projetos de inovação, recomenda-se, ainda, atentar à maturidade de gestão do fornecedor, pois nem sempre eles têm estrutura para atender a processos de maior complexidade ou risco dentro das empresas. Isso envolve também uma avaliação bem criteriosa sobre a sustentabilidade financeira e as políticas de qualidade da gestão da empresa contratada. Ou seja, o fornecedor possui maturidade de gestão compatível com o impacto do negócio o qual estará tecnologicamente sustentando? A contratação de fornecedores muito pequenos ou novos pode ser viabilizada para prazos menores, áreas de menor risco e prevendo-se cláusulas de saída para mitigação de problemas.

 

Oportunidades e desafios para os Tech Buyers

Quanto às oportunidades, um comprador comprometido com o negócio da sua empresa poderá surpreender a todos com uma inovação de processo promovida pela Inteligência Artificial, trazendo assim modernidade e competitividade para a sua empresa. 

É importante focar em planejamento e estar muito conectado à evolução de mercado, aprendendo e entendendo de tecnologia, mantendo-se atualizado com a área especialista e eventos do mercado. Um trabalho voltado para a inovação, dados e humanização pode fazer toda a diferença na trajetória de um profissional de compras em tecnologia.

Quanto aos desafios, considerando a velocidade do crescimento de ofertas nesta categoria, entendo que o comprador Tech precisa se posicionar bem além da visão comercial, precisa ser internalizado no mundo da tecnologia, aprimorar constantemente a sua visão sobre gestão de processos para medir exatamente os riscos e oportunidades trazidos por cada nova solução que lhe é ofertada. 

 

Dicas para Tech Sellers se diferenciarem no ecossistema

Herica comenta três dicas para que os Tech Sellers se diferenciem em meio a diversidade tão grande de soluções:

  • GESTÃO: Manter seu negócio com uma estratégia de gestão muito clara e profissionalizada. Como consequência com uma estabilidade financeira. 
  • ATENÇÃO ÀS PESSOAS: Saber permear por cenários organizacionais que possuam profissionais mais abertos e menos abertos à tecnologia. Este fornecimento não pode representar uma “ameaça” ao emprego dos colaboradores. É necessário que a consciência dos envolvidos seja elevada, por intermédio de educação voltada para inovação, transformações de carreiras e visão estratégica para decisões baseadas em dados. Caso contrário a implantação da tecnologia poderá ser desacelerada ou até usada sem o seu exponencial poder. 
  • ATENDIMENTO HUMANIZADO: Não permitir que a inteligência artificial o afaste do seu cliente, limite-a a facilitar os processos e apoiar na tomada de decisões, mas jamais deixá-lo sem um apoio humanizado.

 

Mais informações sobre Herica Brum

Herica tem grande experiência em gestão de contratos, fornecedores e terceiros no Setor Elétrico. Desenvolvimento de projetos ligados a cadastro, qualificação (financeira, trabalhista, técnica, saúde, segurança, ESG e compliance), avaliação de fornecedores com base em critérios financeiros, legais, qualidade do fornecimento, qualidade da gestão, saúde, segurança e ESG, além da gestão de riscos legais com relação aos empregados terceirizados. Forte atuação em processos ligados a criação e revisão de contratos, planejamento de compras, matrizes de riscos, gestão de equilíbrio financeiro de contratos estratégicos, assim como gestão de penalidades e bonificações contratuais.

Para contatá-la sobre palestras, mentorias e treinamentos in company, conheça seu website. 

 

Você busca Tech Sellers especialistas para seus desafios de TI e Inovação?

Faça seu cadastro gratuitamente na plataforma Match<IT> e conte com inteligência de dados e curadoria para otimizar seus processos de sourcing e contratação de parceiros.

Em apenas 3 minutos você identifica os fornecedores de TI que dão maior match com seus desafios de transformação digital de forma automática, com apoio de Inteligência Artificial.

A plataforma traz eficiência, agilidade e compliance so seu dia-a-dia. Cadastre-se e confira!

 

Confira a entrevista com Herica Brum na íntegra:



× Como posso te ajudar?