Panorama de TI: descubra o perfil dos projetos MatchIT

Panorama de TI: descubra o perfil dos projetos MatchIT

Ecossistema de tecnologia é vasto e cresce todos os dias em todo o globo, para entender melhor o mercado nacional descubra o perfil dos projetos inseridos na plataforma Match<IT> através do nosso panorama de TI.

Nascemos para descomplicar suas escolhas de tecnologia e com esse objetivo claro em mente, no dia 31 de julho de 2021, juntamos um time apaixonado por tecnologia para lançar no parque tecnológico da UNICAMP a nossa plataforma de compras e vendas de TI.

Uma ferramenta poderosa que abre um leque de possibilidades para que as contratações que envolvem produtos e serviços tecnológicos, sejam realizadas de forma simples e rápida com o uso de AI para encontrar o fornecedor da demanda.

Deixando a responsabilidade de buscar o parceiro para a inteligência artificial, no qual o algoritmo de machine learning seleciona o vendedor ideal de TI.

Antes de mostrarmos o nosso panorama de TI no primeiro semestre de 2022, vale lembrar o tamanho do universo TI e como a tecnologia é a força motriz da tão sonhada transformação digital.

Segundo dados da Gartner de abril de 2022, os investimentos em serviços de TI representam 34% de todos os gastos com tecnologia corporativa, e deve totalizar US $1,3  trilhões (R $6,9 trilhões) em 2022,  um aumento de 6,8% em relação a 2021.

E dentro deste cenário que a Match <IT> vem fazendo a diferença ao gerar conexões para a unir os melhores negócios entre quem contrata e quem vende serviços de TI.

Nossa solução unifica os fornecedores de produtos e serviços de tecnologia dentro das sete categorias, citadas pelo Gartner como principais verticais de tecnologia com produtos para digitação e evolução dos negócios. Dos quais os vendedores são categorizados na plataforma por seus produtos prioritários: 

  • Colaboração, Produtividade e Gestão de Processos e Projetos.
  • CRM e Customer Experience.
  • Visualização de Dados, Data Analytics e Business Intelligence.
  • Segurança da Informação e Backup de Dados
  • Desenvolvimento de Softwares e Testes (QA)
  • Cloud: Dimensionamento, Migração e etc.
  • Soluções de Automação e IOT.

E assim, a solução categoriza os vendedores por demandas de áreas que exigem especialistas, analisamos cada demanda específica e cruzamos com critérios qualitativos que envolvem a oferta de serviços como preço, disponibilidade, experiência técnica no mercado e a cultura organizacional para realizar as conexões de matches. 

A fim de construirmos o panorama de TI, coletamos os dados de 577 empresas, sendo o universo de 71% Tech Sellers e 29% Tech Buyers e o resultado traz um cenário positivo para quem contratará serviços.

Portanto, para ficar por dentro do que está acontecendo em centenas de empresas do país, assista ao vídeo com o bate papo com os nossos fundadores, Pedro Braga – Marketing Advisor –  Rose Ramos – CEO – e Ivan Nevado – CTO –  leia o resumo publicado na Valor Econômico ou siga os pontos principais neste texto.

Grandes empresas foram os líderes dentre os compradores

Do lado da mesa de quem contrata os Tech Buyers, o resultado apresenta que 19% são do segmento de manufatura de bens de consumo, seguidas por 16% do varejo e 13% de indústrias B2B. 

Do total de buscas por fornecedores, 48% da demanda foi realizada por empresas de grande porte, que no Brasil são consideradas organizações com mais de 500 funcionários, 25% em empresas médias – 200 colaboradores –  e 27% em empresas de pequeno porte.

Ao mesmo tempo, já nas demandas relacionadas em projetos realizados por empresas de médio a pequeno porte, 89% dos compradores fizeram buscas que previam alocar  até 500 horas de mão de obra para projetos.

Ao mesmo tempo, ainda neste universo de empresas, 92% possuem orçamento para projetos com investimentos que vão até R$300.000,00.

Nas palavras de nossa CEO, Rose Ramos, “Isto indica aos pequenos e médios fornecedores de tecnologia oportunidades de entrada em novos clientes.”  Logo que projetos de missão crítica envolvem maiores investimentos, provavelmente será entregue pelo time interno ou um fornecedor já conhecido pois, o risco com um fornecedor novo é maior.

E o fator preço pode ser a condição ideal para quem contrata poder testar e conhecer novos parceiros, ampliando sua base de fornecedores homologados.

Apesar de recebermos buscas realizadas por gerentes e coordenadores de diversas áreas como marketing, vendas e RH, podemos afirmar que os principais compradores são líderes de compras e os especialistas de TI.

Isto porque no dia a dia, apesar do roadmap de transformação digital em empresas grandes estarem nas mãos do CTO ou CIO, no dia a dia, são os líderes de negócios como product manager, product owner e afins que lidam com as dores em seus projetos e cumprem a atribuição de resolver o problema recebendo a missão de encontrar o parceiro ideal.

Já em startups e empresas pequenas, os compradores estão buscando por sprints para produtos ou para melhorar a eficiência do negócio e querem uma mão extra para acelerar seus projetos.

Em contrapartida, identificamos que apesar de existirem processos de compras – que em grandes corporações podem ser estruturados – a função de comprar tecnologia em geral não é apenas da área de TI e sim, uma junção de todos que lidam com a transformação dos negócios.

Importante ressaltarmos os fatores que chamam atenção dos compradores como os critérios para tomar uma decisão, que são analisados  e considerados como prioritários para a compra de produtos e serviços de TI mencionados pelos Tech Buyers:

  •  32% analisam a experiência dos Sellers com clientes do segmento de mercado de quem contrata.
  • 23% apontaram o preço, sendo o segundo ponto dos projetos mais usado como critério de decisão. 
  • 11% aponta que a expertise na fase específica em que o projeto se encontra – seja nas iniciais, como business plan, nas intermediárias como implantação e integração ou nas fases finais, como treinamentos e testes. 
  • Apenas 1% do público demanda por certificações técnicas que foi citada dentre os principais elementos para tomada de decisão.

Contudo sobre a capitalidade de serviços a localização da prestação do serviço tem peso igual ao de diferenciais qualitativos dos fornecedores (como perfil cultural da equipe e características do atendimento) e a disponibilidade para início dos trabalhos no prazo esperado. 

O panorama aponta a força dos pequenos e médios fornecedores. 

Dentre as sete verticais do Gartner citadas anteriormente nossos fornecedores estão concentrados:

  1. 30% estão em desenvolvimento de softwares.
  2. 26% em consultoria e suporte a soluções de colaboração e produtividade de projetos e processos.
  3. 14% em segurança da informação.
  4. 13% em soluções de visualização e inteligência de dados.

Todavia, sobre o perfil dos fornecedores de tecnologia cerca de 69% das empresas têm até 50 funcionários, e 7,8% delas têm mais de 200 membros na equipe. 

Apesar do pequeno e médio porte, representam empresas sólidas, contando em 74% dos casos com mais de 5 anos de mercado.

Como a Match<IT> colabora com o panorama tecnológico?

Apesar de termos os especialistas em TI como compradores, também temos os profissionais de compras indiretas e eles, em sua maioria, possuem pouco conhecimento em tecnologia o faz o processo de compra moroso e pouco assertivo.

Afinal, é bem comum encontrarmos frases genéricas como por exemplo o famigerado “otimizamos sua jornada digital” ou “aceleramos sua transformação digital”, que normalmente não respondem se o fornecedor tem a capacidade técnica para cumprir o desafio do projeto. 

 Consequentemente, desperdiçando o tempo disposto para ser investido em encontrar o fornecedor e iniciar a execução do projeto.

Nossa plataforma tem uma roteirização de perguntas para formar o match para buscar o fornecedor do projeto, que cobrem os gaps normalmente deixados pelos fornecedores nos sites cobrindo todas as premissas importantes para selecionar o parceiro.

Outro fator importante que contribui para grande e pequenos compradores, é a análise de disponibilidade para ingressar no projeto que oferecemos na solução.

Como a busca por profissionais qualificados em TI é alta, como resultado já sofremos com um déficit na área como descrevemos no artigo “Descubra como a inteligência artificial facilita a compra de tecnologia”. O fato da plataforma selecionar o fornecedor que está disponível no momento agiliza a entrega do projeto no tempo mapeada pela empresa.

Em conclusão, nossa solução entrega valor pela assertividade e rapidez do match.

Próximos passos da solução

Atualmente, temos fornecedores e compradores localizados nos quatro cantos do mundo que falam línguas diferentes do portugues. Por isso, para o futuro ampliaremos nossos recursos oferecendo buscas em inglês.

E também lançaremos selos que facilitam para o Buyers compreenderem qual foi o nível de verificação realizada nas informações que o Sellers inseriu na plataforma. Os selos junto aos reviews vão contribuir para que a machine learning que é alimentada pelos dados, seja cada dia mais assertiva.

Para finalizar, ressaltamos que  ao compreender o panorama de serviços de TI no Brasil indica uma grande oportunidade para quem participa dos dois lados da mesa, quem contrata e quem vende serviços, com potencial de otimizar negociações e contribuir para a aceleração da evolução digital do país.

FAÇA PARTE DA COMUNIDADE MATCH<IT>, CADASTRE-SE GRATUITAMENTE COMO COMPRADOR E VENDEDOR E CONTE CONOSCO PARA DESCOMPLICAR SUAS ESCOLHAS DE TI.


× Como posso te ajudar?